Waldick Soriano - Vitimismo desde 1969 - incentivando você a ser um fracassado

Paixão De Um Homem (1969) - Waldick Soriano
"Eu não sei se ela me ama
Eu só sei que ela maltrata
O coração de um pobre homem
(...)
Vou ficar aqui chorando
Pois um homem quando chora
"

Tem no peito uma paixão"
"ain que peninha dele" ou pior "é verdade, eu também choro por isso, faz sentido".

Ficar remoendo "amor" não correspondido é simplesmente patético, o que se ganha com isso? A cada centímetro remoído mais centímetros de mediocridade você ganha, até virar um grandioso fracassado.

"Se esta cartinha falasse
Pra dizer àquela ingrata
Como está meu coração"
É exatamente esta a principal característica do vitimismo, jogar a culpa no outro, fazer de você a vítima, independente das escolhas que você faz para si (como, por exemplo, ter escolhido ser um fracassado).

Reflexão do post: se você já a conhecia, ou não, perceba como uma música pode incentivar tantos sentimentos inúteis e PREJUDICIAIS.
Existem várias músicas assim, que só incentivam as pessoas a se afundarem.
Fuja o máximo que puder delas!
Afinal, se você beber veneno só para experimentar, vai morrer do mesmo jeito.
A música que você ouve modifica quem você é, não permita que coisas assim entre na sua vida!
Ouça músicas que façam de você uma pessoa mais forte e melhor, para poder ajudar aos outros, e não para se afundar mais!
Porque como seria possível você oferecer algo de bom para o outro se você não tem nada de bom aí dentro?
"Guardar ressentimento é como tomar veneno e esperar que a outra pessoa morra."

Um conselho seria, veja essa playlist de músicas que edificam:
http://vangolliaz.blogspot.com.br/2017/01/coletanea-de-musicas-catolicas-para.html