O boiadeiro e o seu rebanho (uma reflexão sobre a classe A e a classe C)




Este post apareceu em minha timeline no Facebook através de meu amigo e padre Frei Claudemir, onde ele complementou:
"O que fazer diante de uma matéria como esta? O que antes era velado, agora é dito em plena luz do dia... E ninguém toma providências porque tornou-se natural pensar de maneira elitista, pensar com a cabeça dos poderosos deste mundo... Classe C comprar carro novo, viajar de Avião, viajar nas férias, usar roupas e objetos de grifes, tornou-se inaceitável na cabeça de alguns, que infelizmente não são poucos, mesmo pertencendo a classes populares. Vivemos em tempos obscuros, e no mundo do contrário."

Não se fala de ser humano, se fala de classes. Me faz lembrar de George Orwell.

Deixe eu fazer uma analogia.
As grandes marcas se sentem como "boiadeiros" (os donos elitistas das marcas para a classe A) que marcam seu "rebanho" (as classes mais baixas).
Para os donos o rebanho só serve para dar lucro para eles, e o rebanho depende deles para sobreviver. O rebanho vive numa dívida de gratidão para os donos (é o que eles pensam e o que todos acabam concluindo naturalmente, isso se chama "paradigma").
No caso o rebanho são seres humanos (que depois de um tempo acabam virando só números), e eles têm as mesmas necessidades que os donos, como satisfações sociais.

• ANALOGIA •

Se um boi quiser usar garfo para comer, porque o seu dono pode usar, não vai ser sensato.
Se um humano da classe C quiser usar uma roupa da classe A, segundo a visão elitista dos donos eles estarão agindo como o boi que quer comer com o garfo – como se quisessem usufruir de algo que não podem, mas é óbvio que podem. Não existe lógica neste pensamento elitista.
As marcas dizem ter vergonha de seus clientes porque é como se seus bois tivessem comprado um garfo e agora, ao invés de estarem usando como eles PODEM, estivessem se atrapalhando todo com um garfo que não PODEM usar.
Mas a classe C PODE usar a roupa da classe A normalmente.


A classe C aceita a posição de rebanho e as marcas da classe A estão para eles como o garfo está para o boi.

Compartilhe:

0 comentários